A crise mundial da fé.

O que parecia inevitável anda acontecendo em toda parte do mundo. A credibilidade nas instituições religiosas parecem estar abaladas com a hipótese de que o homem é fraco e pecador, as familias se assustam com a manipulação de suas indefesas crianças diante dos abusos da falsa fé. O império das ditaduras parece estar enfraquecido e o clamor democrático por uma religião que seja eclética parece crescer, há um pouco de verdade em cada uma delas.  O véu da ignorância parece ceder lugar a justiça, pois quem erra deve ser julgado,  ninguém pode estar acima da lei dos homens e da lei divina. Na verdade toda obra é perfeita e sublime quando eleva os conceitos da humanidade e valoriza a ciência sem destruir os mistérios do Criador. A palavra contém poesia e mensagens secretas e por isto cada um entende de uma forma e todas estão certas ou talvez erradas. Minha opinião é um grão de areia frente ao oceano de teorias elaboradas em estudos de centenas de anos. Apenas sou intuitivo na maioria das vezes o que tanto para a ciência quanto para a religião é um fator positivo , desde que moderado.

A tecnologia facilita nossas vidas e por outro lado isola o homem em um conhecimento de fonte duvidosa. Alias há tantas seitas e religiões que surgem a cada instante que devemos sim desconfiar desta explosão de fé.  O cinema explora a anos o tema, mas o cinema tem a licença da criação poética, e nos estimula a pensar em hipóteses. Por mais tolos que sejamos, não podemos aceitar que refaçam a historia por mero capricho de incluir uma nova versão para explicar os talentos dogmáticos de um ou outro líder.  Principalmente quando isto implica doações de milhões de dólares ou euros.  A difusão de um pensamento pela internet parece não encontrar barreiras geográficas.

A crise de identidade da fé moderna se dá pelo fato de que há uma produção de efeitos maravilhosos que induzem ao erro quando ao falar de fé cria-se um show.  Com todo respeito e sem citar uma linha com nomes de movimentos da esquerda ou direita, diria apenas que a dúvida é sempre a primeira catedral do medo.

A palavra do homem por si só já é uma forte ferramenta para se quebrar alianças com o passado e renovar a credibilidade no altíssimo.  Afinal basta que haja pelo menos um homem de fé para que o milagre se realize e proponha que o elo de religação  entre o céu e a Terra seja a boa vontade pura e sincera de um ajudar e interceder pelo outro.

Impérios ruiram por sua prepotência e foram substituídos por pessoas humildes, mas de coração puro. O rei dos reis não tinha um palácio na Terra. Sua fortuna era o tesouro da sabedoria e da vida eterna. Promessas que estimulam a pratica do bem sobre o mal.

Hoje o importante é rever conceitos de moralidade, de dignidade humana, de valorizar o ecosistema. Afinal a escravidão dos bichos também é algo terrível e deve ser combatido. Dividir recursos e proteger nosso planeta é uma boa proposta de religião e politica mundial.

No teatro da vida encontramos grandes palcos e concentrações de público que buscam a salvação. Todavia prezo pelo monte isolado e sereno que acolhe o sol matinal e concentra a luz da reflexão. Orem e clamem por seus pedidos e milagres pois isto é justo e decente. Peça ajuda e se curve diante do seu Deus, mas por favor não façam  dos desenganados e moribundos figurantes de promessas vazias e sem sentido. O dinheiro não abre nenhuma porta dos céus e a entrada é estreita. Cada um deve em pureza da alma pedir por si e também por mais alguém… e isto basta se for sincero.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: