Sombras da solidão

Se algum dia você se sentir só
Saberá que a solidão é pior,
Bem pior do que a sede, do que a fome,
Pois ela doe sem doer.
E se neste dia você encontrar, por acaso,
Um pedaço de espelho
Ainda que quebrado, arranhado ou enferrujado pelo tempo,
Este frio caco de vidro será seu único e fiel amigo.
Mas de certo ate mesmo sua imagem inseparável
Não irá te entender.
Pois igual a sua sombra ela existe
Quando você esta diante da luz.
Mas você se encontra agora nas trevas das duvidas,
E não pode sua própria verdade.
Você já não se ama como deveria se amar.
E por isto se sente traído,
Abandonado e esquecido por todos.
Renega este direito,
Pois você não olhou no fundo de em seus olhos
Eles são um atalho para sua verdade.
Você foi egoísta e teu egoísmo te mutilou.
Você sacia teus desejos da carne,
E depois se arrepende e se sente culpado.
Você morrerá e isto é factual.
Todavia preserva tua imagem,
Na lembrança dos que te amam
E te amaram sem te conhecer.
Muda!
A eternidade é reflexo de todas as vidas
Que você viveu e viverá…
Você é a própria eternidade.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: