Tácito

Tácito amor,]omitido e protegido em película tão frágil.

Fruto de um ato ingênuo que se manifesta como enigma.

Pequeno sopro de vida, que se tranforma em razão.

Semente de um ato passageiro, 

mensageiro de uma nova vida…

Que talvez não vingue, mas que sefará sempre presente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: