Decepção

Subi as escadas calado pela emoção, e parei para me preparar. Não notei a porta entre-aberta e sem querer ouvi tua voz dizendo que amava a outro alguém … Larguei o presente que era teu, que era eu. O pranto era minha duvida e o silêncio minha resposta. O destino me retalhou, me dilacerou o coração. Saí sangrando toda minha dor. Corri pela rua deserta, em direção ainda incerta, e na certa você notou o que eu sentia quando olhou pela vidraça da janela fechada por de traz das cortinas. Talvez na sua mão havia o presente que deixei cair… e ao seu lado alguém…talvez a morte. Evitei explicações, apenas parti.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: