Falando com os mortos

Este tema é polêmico e não conclusivo. Cada individuo terá em sua vida um momento de instrospecção, voltado para a dúvida sobre o que virá após a vida. Primeiro defina o que é a vida. Quando ela começa? E qual a certeza que temos sobre estar vivo? Seria os sonhos um estágio entermediário entre a vida e a morte?

Para cada pergunta um milhão de respostas, pois cada um terá sua opinião voltada para seu universo de referências. Referências estas que podem ser religiosas, vivenciais, familiares ou outra referência qualquer… não importa.

Precisamos ter um canal de com entre os dois mundos, e este canal depende de aceitar ou não as informações trazidas de um lado para o outro, por pessoas sensitivas, mediuns ou videntes. Os profetas por diversas formas falam da vida e da morte como se não houvesse tantas barreiras. Parece que estas pessoas escolhidas transitam entre os dois munods como quem atravessa uma rua. Complicado. Pois mesmo quem já teve a sensação de morrer, digo, aquelas pessoas em coma que chegam até o tal portal de luz branca e retornam, deixam dúvdas se foi ou não um delírio ou imaginação.

Acredito que já falei, vi e dividi por alguns instantes esta experiência com pessoas que já não estão neste mundo. Meu irmão, que me confortou quando o perdi após súbita doença. Meu pai, que me ensinou a ter forças e sorri mesmo quando eu achava que a tristeza nunca mais me deixaria. E alguns outros casos que relato no conto do personagem Athynir  O livro.

Recentemente, sonhei com um primo, e acredite, mesmo em sonhos seria dificil dizer que não estava realmente ao seu lado. Aliás meus sonhos são tão reais, que as vezes me confundem. Sinto cheiro, ouço e vejo detalhes. Diria até que os meus sonhos são perfeitos demais, que me levam a ter dúvidas se em algum momento não faço uma viagem astral.

Hoje só queria registrar que é dia de São Cristovão, um santo católico e cristão, que buscou servi ao mais poderoso do mundo. Nesta sua busca conheceu todos os tipos de pessoas que pensavam ter o poder. Serviu a reis, generais, imperadores e até ao diabo. Todavia todos tinham medo de algo, temiam a morta ou a sorte… e por fim, conheceu a Cristo. E neste dia encontrou seu elo com Deus.

Sou eternamente devoto deste Santo, que me apadrinhou e me socorre sempre que preciso, por isto creio que há muita coisa entre o céu e a terra. Não apenas lendas para justificar o que não entendemos. Mas, o maior mistério da vida… a morte. E a morte é uma evolução do espirito. Somos energia e esta energia está sempre em busca da evolução. Qualquer fraquesa do homem, qualquer desvio do seu carater o faz enfraquecer, mas, um dia ele terá que decidir se esta energia será positiva ou negativa. Este , creio, é o seu julgamento.

Algumas vezes disse que acredito no pensamento como fonte para anteceder e estabelecer o sucesso. Se você esta lendo meus artigos, dedique um pouco de sua energia para melhorar o mundo. Pense algo bom para a humanidade, para os dirigentes do mundo, presidentes, governantes, politicos, medicos e todos aqueles, que com seu poder e conhecimento irão encontrar respostas para a fome e as doenças. Dedique uma fração de sua vida para que o mundo seja o paraíso prometido. Eu receberei minha parte desta energia, pois estou tentando mudar para melhor a minha vida. Tenho certeza você também encontrará a sua felicidade e assim o universo irá ter paz.

São Cristovão. protetor dos viajantes, motoristas, e peregrinos, protaja cada um de nós.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: