Amor

Amor, o verdadeiro amor não pode ser deixado de lado. Por ele devemos lutar e enfrentar o mundo. Ninguém pode avaliar a intensidade do amor sincero…. talvez nem mesmo quem ama. Pois o amor as vezes é fugitivo e ingrato, se deixa trair e não ocorre na mesma proporção dos dois lados. O amor não correspondido, também é um amor de grandes proporções. Amar é renunciar e ofertar ao outro o melhor de nós mesmo.
O amor é as vezes intensificado quando agregado a valores românticos como o perfume de uma rosa solitária. Como pode uma única rosa se sentir solitária numa roseira cheia de outras flores? Talvez seja porque a rosa tola e ingênua prefere ser uma prerrogativa da sinceridade do amor dos anjos.
Amor… sublime o amor. Igual as nuvens soltas a vagar pelo céu, que cada um vê e imagina algo diferente. Amor de família, de amigos, amor de namorado, amor até dos bichos.
Cante uma canção de amor e dedique seus versos ao vento, deixe que ele jogue a melodia pelos quatro cantos do mundo. O mundo é cenário perfeito para este sonho… sonho de amor. Te amo!

1 Comentário

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: